Rock Hudson, um dos galãs de Hollywood, foi uma das primeiras celebridades a morrer de complicações de saúde agravadas pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH) em 1985. Tinha 59 anos. Ator de sucesso, contracenou com James Dean, Doris Day, Kirk Douglas e Gina Lollobrigida em filmes que encantaram multidões. Ao longo da carreira, escondeu que era homossexual e só depois da morte se soube que tinha sida. Foi diagnosticado em 1984.

À semelhança de muitos outros, infetados após realizarem transferências sanguíneas, injetarem-se com substâncias aditivas ou terem relações sexuais desprotegidas com pessoas seropositivas, o tempo que mediou entre o diagnóstico e a morte foi curto. Rock Hudson é apenas um dos nomes de uma lista que também inclui músicos, cantores, fotógrafos, modelos, artistas e intelectuais que faleceram devido a complicações de saúde agravadas pelo VIH.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.