Em 2019, a casa real britânica foi assolada com um escândalo na sequência de rumores de um alegado caso do príncipe William com uma amiga de longa data, Rose Hanbury.

Apesar de não existem provas do suposto affair e do palácio nunca ter comentado o assunto, o autor real Omid Scobie não ficou indiferente ao tema no seu novo livro - 'Endgame'.

"Eles nunca o comentaram, por isso esses rumores nunca desaparecerão, mesmo sabendo que não há nada que sugira que são verdade", revela Omid em entrevista ao Entertainment Tonight.

"Fui muito cuidadoso no livro ao focar isso", evidenciou, explicando que apesar de serem apenas especulações, o palácio decidiu agir, ainda que de forma discreta.

Segundo Scobie, o príncipe Harry e Meghan Markle foram usados na altura como forma de distração para a imprensa.

"Acho que é ainda pior, na verdade, que tenha havido uma vontade de atirar o Harry aos leões simplesmente para fazer os rumores desaparecer", diz, explicando que o objetivo da Casa Real sempre foi proteger a "reputação" do príncipe William.

Leia Também: Tribunal. Harry foi "tratado de forma menos favorável injustificadamente"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.