Matthew McConaughey está a preparar-se para o lançamento do novo livro, 'Greenlights'. Uma obra que fala sobre a história da sua família, revelando num excerto que o pai, James Donald McConaughey, morreu exatamente como ele dizia que ia morrer: na cama com a mulher, Kay.

"Recebi um telefonema da minha mãe. 'O teu pai morreu'. Caí de joelhos. Não queria acreditar. Ele era o meu pai. Ninguém ou nada poderia matá-lo. Exceto a minha mãe. Ele sempre me disse a mim e aos meus irmãos: 'Rapazes, quando eu morrer, vai ser a fazer amor com a vossa mãe'. E foi o que aconteceu. Ele teve um ataque cardíaco quando chegou ao clímax", recorda o ator.

James morreu em 1992 e contou com uma relação cheia de altos e baixos com Kay. Aliás, casaram-se três vezes. Matthew nasceu logo após a terceira vez que deram o nó.

"Eles, às vezes, eram violentos", lembrou o ator em conversa com a People. "Como digo no livro, era assim que eles comunicavam. Divorciaram-se duas vezes, casaram três, quer dizer, sim, foi como o Oceano Pacífico numa tempestade", acrescentou.

Leia Também: Morreu um dos filhos do ator Robert Redford. Tinha 58 anos

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.