Michael Bublé deu uma entrevista ao Daily Mail na qual terá revelado que já “não tinha estômago” para lidar com a fama, sobretudo após o diagnóstico de cancro – entretanto superado – do seu filho mais novo, o pequeno Noah, com apenas três anos.

Na entrevista, que o próprio definiu como sendo a "última", o artista referiu: “Tudo em mim mudou. A minha perceção da vida. Não sei se consigo ter esta conversa sem chorar. Nunca perdi o controlo das minhas emoções em público”, sublinhou.

“Já não tenho estômago para isto. O narcisismo de celebridade. Esta é a minha última entrevista. Vou-me retirar. Fiz a música perfeita e agora posso sair no topo”, adiantou.

Apesar de o seu novo álbum estar prestes a sair, Michael referiu que pediu ao seu agente para tirar uma “década sabática”. “Mais vezes do que as pessoas possam entender, em alguns dias desejávamos não acordar. Quando o fazíamos, sentíamos o amor dessas pessoas, sabíamos que estavam a orar por nós”, completou.

De recordar que o próximo álbum de Michael Bublé irá sair no dia 16 de novembro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.