Marta Cardoso decidiu pôr as cartas na mesa relativamente a algo que se tem verificado na presente edição do 'Big Brother - A Revolução', o qual a comentadora considera injusto. Marta expôs a sua opinião durante um dos programa 'Extra', a propósito da expulsão de Carina.

"Tenho de dizer que esta reação do Pedro - e isto sem estar a defendê-lo - vem a seguir a uma situação que, infelizmente, eu vou ter de falar aqui, porque não aconteceu só ontem, tem acontecido em várias galas e diretos, de forma injusta na minha opinião. Entendo que a parcialidade pode ser nítida aqui, nestes sofás, as pessoas que aqui estão são convidadas para dar a sua opinião", começa por explicar.

"Ele foi confrontado com o que se passou durante a semana, mas depois tem de se dar a oportunidade de defenderem, a todos de igual forma", nota.

"Toda a gente falou, ao Pedro não foi dada oportunidade. Já vi isto a acontecer com uma Sofia. Tenho visto a ser tratada de forma desrespeitosa e desprezível. Já vi isto a acontecer com o André", acrescentou, realçando que pelo contrário vê outros participantes a merecerem um maior carinho, como é o caso de Jéssica, Rui e Andreia.

"Acho que há aqui uma forma de tratamento dos concorrentes que eu, como ex-concorrente, não posso pactuar. E não foi uma, nem duas, nem três vezes. [...] Gostava de apelar a quem me ouve, e correndo o risco de se calhar perder aqui o meu emprego, com toda a minha gratidão que tenho. Realmente tinha de dizer isto. Acho que não está a ser bem feito. [...] O público merece respeito e acima de tudo os concorrentes merecem respeito. Têm de ser tratados de forma igual e justa", completa.

Leia Também: Carina do 'Big Brother': Saudades da filha e a recusa em falar com a mãe

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.