Mariah Carey disse que o filho, de nove anos, já sentiu na pele o preconceito e viveu um episódio racista. História que a cantora fez questão de partilhar no programa 'Watch What Happens Live', esta quinta-feira.

"O Rocky acabou por ser intimidado no outro dia por um supremacista branco que ele pensava que era seu amigo", revelou. "Este é o mundo em que vivemos", afirmou de seguida.

Recorde-se que Moroccan - apelidado de Rocky - e a irmã gémea, Monroe, de nove anos, são fruto do casamento terminado de Mariah com Nick Cannon.

Durante o programa, a cantora contou ainda que está a ler excertos do seu livro, 'The Meaning of Mariah Carey', aos filhos para tentar ajudá-los a saber como lidar com as situações que eventualmente lhes vão surgir na vida, especialmente por causa do racismo.

Leia Também: "Quando tinha 12 anos, a minha irmã drogou-me e tentou vender-me"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.