Foi a 4 de março de 1998 que Rui Pedro Teixeira Mendonça, na altura com 11 anos, desapareceu em Lousada, no Norte do país, dando origem a um dos casos de investigação mais misteriosos em Portugal. Passados 23 anos, a mãe, Filomena Teixeira, prova que nada abala a sua esperança em reencontrar o filho.

Neste dia simbólico, será emitida no programa 'Goucha', das tardes da TVI, a entrevista de Manuel Luís Goucha à mãe do menino desaparecido.

Notícias ao Minuto

Rui Pedro Teixeira Mendonça© Facebook

"Tenho uma medalha que diz que a esperança nunca morre. Podem chamar-me louca, mas ainda não perdi a esperança", desabafa Filomena, como se pode ver no teaser promocional.

Leia Também: Goucha mostra presente simbólico oferecido por Maria José Valério

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.