Laura Figueiredo foi convidada do ‘Passadeira Vermelha’, da SIC Caras, e em conversa com a apresentadora, Liliana Campos, e os restantes comentadores do programa aceitou falar sobre as críticas que tem sofrido devido à sua forma física.

“Basicamente eu estou igual, a verdade é essa”, afirmou a companheira de Mickael Carreira, sobre a sua suposta magreza excessiva. “O primeiro ano eu quase não fui ao ginásio, perdi massa muscular. Eu podia estar a pesar o mesmo, mas as minhas formas estavam diferentes porque não tinha tantas curvas. A bem dizer eu tenho de as trabalhar para as ter”, explicou.

No decorrer da conversa, a apresentadora revelou ainda que quando foi mãe de Beatriz, de um ano, sentiu alguma pressão relativamente à recuperação física. “Há uma pressão hoje em dia para recuperar muito rápido, até eu senti isso”, contou. “Eu tive a Bia no final de uma quarta-feira e quando sai na sexta-feira olhei para a minha barriga e disse: ‘e agora eu tenho barriga, meu Deus’”, lembrou Laura, que confessa ter esquecido rapidamente à ‘pressão’ em relação ao corpo com as maravilhas da maternidade.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.