Kylie Jenner queria registar o primeiro nome como uma marca, mas o seu pedido acabou por não ser aceite.

De acordo com o jornal Daily Mail, foi Kylie Minogue quem ganhou esta batalha legal, que já dura desde 2014.

Na altura, a irmã mais nova de Kim Kardashian queria fazer do seu nome uma marca registada, mas acabou por desencadear uma disputa com Minogue. Os representantes legais de Kylie Minogue interpuseram uma notificação de oposição, onde descreviam Jenner como "uma personalidade secundária de um reality show".

No entanto, apesar de o tribunal ter rejeitado o pedido da irmã de Kim para registar o seu primeiro nome como marca, esta ainda pode recorrer da decisão.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.