O príncipe Harry confessou que "não tinha ideia" da existência do preconceito inconsciente e que aprendeu bastante sobre o racismo depois de ter "vivido um dia ou uma semana no lugar da mulher". Estas declarações foram feitas durante uma entrevista à revista GQ, com o ativista Patrick Hutchinson.

"O preconceito inconsciente, do meu ponto de vista, tendo a educação que tive, não sabia o que era. Não fazia ideia que existia", afirmou.

"Depois, é triste dizer isto, demorou muitos, muitos anos para o perceber, especialmente depois de ter vivido um dia ou uma semana no lugar da minha mulher", acrescentou, referindo-se a Meghan Markle.

"Primeiro tens de ouvir e ter conversas, aqueles conversas desconfortáveis, porque é uma conversa desconfortável", disse por seu turno Hutchinson.

No mesmo âmbito, Harry considerou que esta questão deveria ser revista na imprensa, uma vez que continuam a surgir notícias que alimentam este preconceito.

Leia Também: Isabel II não deixou Meghan Markle usar a tiara que queria no casamento

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.