Sinead O'Connor recorreu às redes sociais, na noite desta quarta-feira, para falar sobre a luta contra a agorafobia, um transtorno de ansiedade que a deixa com medo de sair de casa.

A artista, de 53 anos, diz que não consegue ir à rua para comprar comida, por isso pediu ajuda aos fãs numa tentativa de conseguir que alguém levasse comida a casa.

"Tenho vivido secretamente com um caso fisicamente paralisante, relacionado a um trauma de baixa autoestima aguda no últimos anos, meses e semanas", começou por dizer, referindo que por causa da agorafobia, não consegue ir às lojas e, por isso, não tem comido. "Estou a morrer de fome", afirmou.

Para explicar a razão de não conseguir receber comida em casa, contou: "Atualmente, moro numa parte muito remota do país, por isso a entrega de comida não é uma opção".

"Foi por isso que perguntei, claramente, apenas se alguém conhece serviços de alimentação para pessoas com problemas de saúde mental cuja capacidade de autocuidado está diminuída", acrescentou.

Leia Também: Sinead O'Connor abraça nova profissão. Cantora quer ser auxiliar de saúde

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.