Cristina Ferreira foi alvo de duras críticas no decorrer da presente semana. A assombrar a rainha das manhãs estiveram duas polémicas, uma relacionada com as acusações de plágio de que está a ser alvo no que respeita à sua coleção de sapatos e outra que se prende com uma reportarem que exibiu no 'Programa da Cristina' e que gerou uma onda de revolta entre os seguidores.

As imagens retratavam a realidade dos cemitérios em plena pandemia da Covid-19, mas para muitos foram consideradas "cruéis".

Perante o elevado número de críticas e todo o burburinho gerado pela polémica reportagem, Cristina usou as suas redes sociais para este domingo reagir publicamente.

"Ainda hoje não sei o que me levou a escolher ciências da comunicação como curso na perspectiva de ser jornalista. A minha timidez parecia não combinar com o necessário 'encontro com o outro' que a profissão exige. Esta foto ilustra o meu início. Sem grandes penteados e maquilhagens, vestida ainda de forma 'séria' e a observar o aí vinha", começou por declarar, referindo-se à fotografia de início de carreira que usou para ilustrar o seu desabafo.

"Em 16 anos fui desenvolvendo o meu trabalho aproveitando apenas as oportunidades e trabalhando muito. Com honestidade. Diz o dicionário que rima com verdade. E aqui chegados deixem-me relembrar que um jornalista deve ter uma postura ética e compromisso com a verdade. Deve apurar factos com precisão, buscar fontes de informação credíveis e confiáveis para transmitir informações correctas ao público. Para bom entendedor meia palavra basta", acrescentou, deixando claro que se referia às críticas de que tem sido alvo.

Leia Também: Goucha e Cristina Ferreira voltam a trocar comentários: "És muito chique"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.