Cristina Ferreira foi esta sexta-feira entrevistada por Manuel Luís Goucha no programa das tardes da TVI e numa conversa franca respondeu a todas as polémicas que nos últimos tempos têm envolvido o seu nome.

Acusada de ter sido a responsável pelas saídas de Fátima Lopes e Isabel Silva do canal, a diretora de ficção e entretenimento esclarece que nenhuma das apresentadoras foi dispensada.

"A Fátima quis primeiro a proposta, a Fátima não chegou depois a um entendimento e já não passou por mim sequer. Não falei uma única vez a nível de valores com a Fátima, ela não quis. Foi uma conversa que foi tida com os advogados da TVI. Eu queria muito ver a Fátima a brilhar", revela Cristina.

"Eu é que sei as conversas que tive com a Fátima sobre esse projeto, e não as vou divulgar porque não tenho de as divulgar", acrescenta, referindo-se ao programa que seria apresentado pelo antigo rosto da TVI.

Quanto à saída recente de Isabel Silva, a apresentadora começa por lembrar: "A Isabel foi a minha primeira escolha. A Isabel foi escolha minha para ser apresentadora da TVI", diz, referindo-se ao início de carreira de Isabel Silva.

"A Isabel queria voar para outras coisas. A Isabel não queria aquilo que havia", termina, reforçando uma ideia que já tinha sido transmitida pela própria Isabel Silva.

Leia Também: "Não me chateei com a Cristina". Isabel Silva fala da saída da TVI

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.