Nuno Homem de Sá foi o concorrente escolhido pelo público para abandonar a casa do 'Big Brother Famosos' na noite deste domingo. No rescaldo da expulsão, o ator esteve à conversa com os jornalistas sobre a sua prestação, em particular sobre as tensões com Bruno de Carvalho.

Ameaçado pelo ex-presidente do Sporting?

O ator começou a conferência de imprensa por esclarecer um momento de tensão entre ambos que não foi abordado na gala de ontem.

"O Bruno de Carvalho passou-se e queria bater-me. Não posso revelar as razões, mas senti-me ofendido. [...] Senti que estava a tentar ser vítima de um bullying velado. Fomos ao confessionário, o Bruno começou a interromper-me e basicamente ameaçou-me, até pediu ao Big se podíamos ir lá para fora resolver a situação. Chegou a pôr-me as mãos e e deu-me um ligeiro empurrão, mas não me senti agredido", relata.

Questionado sobre a origem do conflito, o ator não quis dar pormenores e acredita que, depois de Bruno de Carvalho afirmar que quer levar o caso a instâncias judiciais, que "isto não vai dar em nada" porque "ele sabe muito bem que não tem razão".

"Se essas imagens não vieram à baila, foi porque alguém não quis que elas viessem, mas talvez ainda venham. [...] Não vou discutir as decisões da produção de forma alguma", acrescenta.

"Não estou nada preocupado com isso", realça, "a mentira tem perna curta, ele vai-se estampar ao comprido".

O jogo de Bruno de Carvalho

Sendo o ex-dirigente do Sporting o grande protagonista desta edição, Nuno Homem de Sá não escapou a algumas questões sobre a sua participação.

"Foi pena não ter ficado esta semana porque o Bruno era, definitivamente, quem queria pôr de lá para fora", afirma.

O ator atira que Bruno de Carvalho tem um "jogo manhoso" e não acredita que este seja o grande vencedor, como é já apontado por alguns telespectadores nas redes sociais. "O Bruno [vencedor]? Não, de forma alguma. Não acredito".

O "pica miolos"

"Não faço ideia do que falhou na minha estratégia. [...] Numa próxima edição tenho de estar mais animado", afirma.

Sobre o título de "pica miolos", como ficou conhecido dentro e fora do jogo, o ator assume que "puxou isso para si" e que foi um risco que quis correr.

"Não estou nada arrependido. Foi pena não ficar mais uma semana. [...] Estava desejoso. Comuniquei à TVI, em 2020, que se estivessem interessados em fazer um 'Big Brother Famosos' para me contratarem. Consegui testar os meus limites. Foi espetacular, gostei mesmo", acrescenta.

Os favoritos à final

O ator criou dentro da casa grande afinidade com Kasha, Marta e Mário Jardel e é este trio que gostava de ver na final. Descarta a hipótese de Bruno de Carvalho levar a vitória e afirma que "há um par de pseudo-neutros que não sabe quando vão cair".

Contudo, admite que pode vir a "surpreender-se" com o desfecho do programa.

Leia Também: Bruno de Carvalho sentiu-se "muito mal" antes da gala: "Estou medicado"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.