Para Barack Obama estão a ser dias de emoções mistas: Se por um lado está orgulhoso pela entrada da filha Malia na Universidade de Harvard, por outro não consegue controlar a emoção de ver a filha crescer e ter de a deixar ‘voar’.

A recente entrada da primogénita do casal Obama para a universidade emocionou particularmente o antigo presidente dos Estados Unidos. Em entrevista à rádio WDEL, Barack revelou que chorou quando levou a filha a Harvard.

“Para aqueles que têm filhas, acontece tudo tão rápido. Eu deixei a Mália na faculdade e estava disse ao Joe [Bidden] que doi como uma cirurgia de coração aberto”, contou.

“Fiquei orgulhoso de não ter chorado à frente dela”, acrescentou Obama, dizendo que não deu para disfarçar que estava a fungar e a assoar o nariz.

Recorde-se que a chegada de Malia a Harvard foi um pouco atribulada. A jovem de 18 anos sentiu-se perseguida por uma mulher que insistia em querer tirar uma fotografia com ela.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.