Depois de ter sido um dos grandes protagonistas da vitória da seleção nacional sobre a Bósnia, por 6-2, ontem, no Estádio da Luz, Cristiano Ronaldo voltou a surpreender, desta vez com o seu lado mais humano e solidário.

No final da goleada de Portugal, que valeu o apuramento para a fase final do Euro 2012, o capitão da equipa nacional admitiu que, apesar de todos os jogadores estarem felizes com o resultado obtido, não houve margem para grandes festejos no balneário.

Todos foram apanhados de surpresa com uma triste notícia: a doença do filho do colega Carlos Martins, ex-jogador do Benfica que atualmente defende as cores do Granada. O ambiente é de preocupação e, por isso mesmo, Ronaldo resolveu fazer um apelo.

“Não houve muita festa porque recebemos uma notícia um pouco desagradável, a doença do filho do (Carlos) Martins. E aproveito para lhe dar força, estamos todos com eles e o que mais espero é que as pessoas possam doar sangue e medula óssea para que haja uma possibilidade de que o filho do Carlos fique bem. Sei que isso vai acontecer. Espero que vocês (imprensa) também contribuam para espalhar a notícia”, revelou Ronaldo, visivelmente preocupado.

O craque do Real Madrid não se ficou por aqui e aproveitou para agradecer o apoio que sentiu dos portugueses. “É sempre bom ser acarinhado, jogávamos em casa e o que mais esperava era isso. O que temos apanhado nos outros estádios tem sido complicado. Tenho de agradecer a todos os portugueses pelo apoio que nos deram. Não teríamos conseguido esta vitória sem vocês”, disse Cristiano Ronaldo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.