António Raminhos aceitou o desafio de contar o seu testemunho numa reportagem da SIC onde os temas principais eram a ansiedade e a Perturbação Obsessivo Compulsiva - duas perturbações psicológicas com as quais o ator e humorista lida há vários anos

"Ser obsessivo compulsivo é como ser toxicodependente. A minha droga é a procura de segurança", confessa Raminhos, que diz ter percebido que lidava com a obsessão da contaminação aos 19 anos.

"Não era capaz de sair de casa, não era capaz num autocarro de me agarrar. Não era capaz de andar na rua e pisar qualquer coisa que achava que me podia infetar de alguma maneira", recorda, recuando à época em que ainda na adolescência resolveu pedir ajuda para lidar com o problema.

Em plena pandemia de Covid-19, Raminhos conta com a ajuda da mulher e da humor, que na sua opinião, "acaba por ser um escape para a ansiedade".

Reveja aqui a reportagem e o testemunho completo de António Raminhos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.