Ângelo Rodrigues saiu do coma induzido esta sexta-feira e o seu estado de saúde tem permanecido estável nos últimos dias, apesar de o prognóstico se manter reservado e de continuar a inspirar cuidados. Procurando uma forma de acelerar o processo de recuperação, a cicatrização e potenciar o efeito da medicação, a equipa médica do hospital Garcia de Orta, em Almada, que está responsável pelo caso do ator, decidiu recorrer a um tratamento de câmara hiperbárica, avança a SIC Notícias.

Trata-se de um ‘mergulho seco’ que tem ainda como objetivo reduzir as sequelas da infeção generalizada que o ator, de 31 anos, sofreu depois das várias cirurgias a que foi submetido na sequência de uma infeção provocada pela administração de testosterona.

De acordo com a SIC, estação da qual Ângelo faz parte, o ator dará início ao tratamento esta segunda-feira, dia 2, no Hospital das Forças Armadas, no Lumiar.

Este tratamento poderá ainda servir para evitar intervenções cirúrgicas drásticas como a amputação da perna onde terá sido injetada a referida injeção.

O Fama Ao Minuto contactou a agência que representa o ator na tentativa de confirmar esta informação, aguardando esclarecimentos.

Leia Também: Irmã de Ângelo Rodrigues quebra silêncio. "Não temos medo"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.