Angelina Jolie voltou a ‘atacar’ Brad Pitt, após o ator se ter defendido das acusações anteriores, as quais davam conta de que não dava dinheiro suficiente para a educação dos seis filhos. Na perspetiva do ator, esta era uma tentativa de “manipular a comunicação social”.

Perante tais palavras, Samantha Bley DeJean, advogada de Jolie, disse num comunicado emitido à revista People que o processo judicial era “legalmente e factualmente apropriado em todos os aspetos”.

“O que foi apresentado pelo lado do Brad hoje foi uma tentativa flagrante de ofuscar a verdade e distrair do facto de que não está completamente comprometido com as suas obrigações legais de sustentar as crianças”, defendeu.

Num documento em tribunal emitido esta terça-feira, Jolie indicou que Pitt não tem pago o “necessário” para apoiar os filhos. O ator entretanto respondeu, garantindo que deu mais de 1,3 milhões de dólares à atriz, assim como um empréstimo de oito milhões de dólares para ajudá-la a comprar a sua atual casa.

“Após a separação em setembro de 2016, Angelina e as crianças precisaram de mudar da casa de família, que Brad escolheu manter, assim como todo o seu recheio”, continua a advogada. Na mesma perspetiva, a advogada garante que a atriz “valorizou o empréstimo” feito por Pitt, mas sublinhou. “Um empréstimo, contudo, não é apoio infantil, como tal é enganoso e impreciso”, defendeu.

Bley DeJean adiantou igualmente que Jolie “pediu a Brad que pagasse 50% das despesas das crianças”, mas que o ator “não pagou” a sua parte.

“A Angelina carregou aos ombros a maioria das despesas ao longo deste dois anos. A pensão de alimentos não é uma opção na Califórnia”, alerta por fim a advogada, esperando que a situação se clarifique o mais brevemente possível.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.