Miguel Costa tinha acabado de sair do Santuário de Fátima quando recebeu a notícia da morte de Maria João Abreu, esta quinta-feira, 13 de maio. Momento que o ator e repórter do 'Alô Portugal', da SIC, recordou em conversa com os apresentadores Ana Marques e José Figueiras.

Em lágrimas, começou por dizer que todo este momento "é muito difícil". Ao destacar que Maria João Abreu "será eterna", acrescentou: "É uma pessoa que me ajudou muito, a mim e a toda a gente que teve o privilégio de se cruzar com a João, de trabalhar com a João, de conviver, de a conhecer".

"De facto, aparou-me tanto em algumas alturas complicadas", continuou, recordando que a atriz era muitas vezes "a nossa mãe, a nossa confidente, o nosso apoio". "E depois, profissionalmente, ia-nos mostrando o nosso caminho, mas numa partilha muito humilde, muito sincera, muito boa".

"A João é tanto, é uma luz muito presente e continuará muito presente para todos nós em casa", destacou ainda, muito emocionado. "Não sei perder as pessoas de quem gosto, acho que ninguém sabe, e nós nunca estamos preparados", confessou.

"A João vai continuar viva, sempre connosco, para já nos nossos corações, e acho que isso é a melhor homenagem que lhe podemos fazer. É eu saber que vou transportar comigo e que vou passar às minhas filhas, aos meus colegas, aquela generosidade e bondade", afirmou.

O ator enviou ainda um abraço aos filhos de Maria João Abreu, Miguel e Ricardo Raposo. "Herdaram muito daquele talento da Maria João e daquela bondade... Têm um coração gigante, os dois".

"Ao nosso querido João [Soares, marido da atriz], que mais do que tudo tem esse amor dentro dele pela João e que brilha, e que continuará a brilhar. Ao meu querido Zé [José Raposo, ex-marido da atriz], que é o fã número 1 da João e que também é outro exemplo do melhor que existe em termos de pessoa, com um coração bom, profissionalismo e solidariedade enorme para com todos", acrescentou.

Miguel Costa pediu ainda "respeito" pelo luto da família, mas sem deixar de "celebrar" a vida de Maria João Abreu e legado da atriz.

Por sua vez, a também atriz Maria Henrique, que marcou presença no 'Alô Portugal' ao lado de Miguel Costa, começou por realçar: "O país está de luto".

"Estou com este sorriso porque eu não tenho parado de ouvir a gargalhada dela desde ontem. Confesso que me está a sair das entranhas estar aqui, mas hoje apetece-me celebrar o sorriso dela, a gargalhada dela, porque ela chegava aos sítios a gargalhar, pronta para fazer coisas", salientou.

"Apesar da dor, hoje apetecia-me celebrar a gargalhada da Maria João, o sorriso dela, a energia, e poder imaginá-la a entrar por aqui e mandar uma brincadeira", rematou.

Leia Também: 'Alô Portugal' com transmissão especial dedicada a Maria João Abreu

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.