Se até há bem pouco tempo a utilização desenfreada de plásticos era daqueles problemas que para muita gente ficava escondido debaixo do tapete, com o aparecimento da gigantesca ilha de plástico no Pacífico, tornou-se bastante difícil de esconder.

Quem não conseguiu ainda esquecer essas imagens? Ou aquela de um cavalo marinho agarrado a um cotonete? É bom que não se esqueça mesmo. Nunca mais.

Contrariar isso é nosso dever. Mesmo que estejam neste momento a dizer “o que é que vamos fazer? Não conseguimos mudar o mundo num dia”. Pois não, mas é com muitas pequenas ações que a mudança é alcançada, e por isso cada um de nós é responsável.

E se acha que já faz muito, de certeza que ainda pode fazer mais. Consulte aqui a calculadora de plástico criada pela Greenpeace e veja a quantidade de lixo plástico produz por ano.

Já muito se falou sobre o que podemos fazer no dia-a-dia para reduzir o desperdício, no entanto, em viagem, evitar a utilização de plásticos parece algo mais complicado. Não tem de ser assim. De seguida são apresentadas algumas dicas fáceis de aplicar e bastante eficazes no que toca à conservação do planeta.

1. Não compre garrafas de plástico

Se já deixou de o fazer no seu dia-a-dia, porque não manter os bons hábitos em viagem? Leve a sua garrafa ou termo reutilizável de sempre e aproveite para a encher no hotel ou em fontes de água potável. Além de reduzir o plástico está também a poupar o seu dinheiro.

O casal espanhol criador do blog Vaya Consumismo põe em prática esta e mais dicas nas suas viagens, que partilham com os seu seguidores.

2. Diga não aos utensílios descartáveis

Sacos, palhinhas, pratos, copos e talheres podem todos ser reutilizáveis. Compre um kit prático e fácil de transportar que possa levar consigo em todas as viagens. Simples não é? No blog Vivir sin plástico não faltam sugestões.

3. Não compre fruta embalada

Opte por comprar fruta a granel e utilize um saco de pano para a guardar e transportar (se leu a dica de cima vai começar a andar sempre prevenido com um saco reutilizável). Dê preferência àquelas pequenas mercearias e frutarias, onde não há mesmo frutas e legumes embalados, se quer tomar a opção mais sustentável.

4. Prepare o seu próprio kit de higiene

Sabemos o quanto gosta de experimentar os produtos de higiene do hotéis, no entanto, imagine que quantidade de plástico será desperdiçado se todos nós o fizermos. É muito mais responsável prepararmos previamente tudo o que vamos precisar, evitando a utilização de objetos descartáveis como lâminas de barbear, escovas de dentes ou toucas de banho.

Optar por frascos de vidro ou sabonetes em vez de gel de banho são também boas medidas a adotar.

No blog Plan b Viajero pode ainda encontrar uma lista de produtos de higiene pessoal que podem ser feitos por nós próprios em casa.

5. Recicle

As dicas anteriores têm todas como objetivo a redução do consumo de plásticos, uma meta imprescindível à sustentabilidade do planeta, mas sejamos honestos, nem sempre essa é a opção mais viável. Portanto, se consumir, recicle. É o mínimo que podemos fazer.

Entre na onda e seja responsável. Faça parte do movimento global Break Free From Plastic e não permita que situações como estas continuem a acontecer no nosso mundo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.