O azulejista Paulo Jané é o único homem com trabalhos expostos na mostra de azulejaria «Lisboa... (A)Mar», que está patente ao público no espaço cultural A Arte da Terra, junto à Sé de Lisboa.

A exposição apresenta a visão que as artistas plásticas Ana Vilela, Cristina Pina, Dina Nunes, Elizabete Silva, Martinha Vilamariz, Olga Cunha e Sara Teixeira têm da capital.

A tradição da azulejaria em Lisboa remonta ao século XVI, data que marca o início da produção de azulejos em Portugal, numa época de forte influência da corrente do Renascimento italiano-grotesco. Seguiu-se o neoclassicismo do período de D. Maria e o historicismo e o nacionalismo da primeira metade do século XX, altura em que a cidade se começa a revestir de azulejo.

As habitações, as estações de caminho de ferro, os mercados e as lojas enchem-se de placas de cerâmica, pintadas e vidradas numa das faces, muitas delas verdadeiras obras de arte, como as que se podem apreciar nesta mostra. A exposição, que tem entrada livre, pode ser visitada diariamente, das 11 horas ás 20 horas, na Rua Augusto Rosa, número 40.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.