A artista e poetisa Maria Mergulhao apresenta as suas novas obras sobre a temática "ser queer e feminista" na forma de um manifesto ativista e confessional.

Utilizando texto como fonte de informação, graffiti e acrílico como meio de comunicação e estética, a exposição terá uma narrativa na qual cada peça se refere a uma outra, mas também recortada pela imprevisibilidade de acontecimentos que pertencem ao campo social, pessoal e interior do ser humano. Amor-próprio e amor para com o outro serão temas abordados, conjugando-as com uma melodia escrita em poemas, deixados como ervas daninhas no decurso da exposição.

A inauguração da Exposição será já no próximo dia 9 de outubro pelas 19 horas na Rua dos Fanqueiros n° 40, Lisboa, e decorrerá até dia 24. O centro LGBT estará aberto todos os dias de quarta-feira a sábado das 19h às 23h.

maria mergulhao
créditos: Maria Mergulhao

Maria Mergulhao é uma artista que nasceu em 1993 em Lisboa, mudou-se para Londres em 2010 onde estudou Fine Arte na faculdade de Goldsmiths, na University for Creative Arts e na faculdade Sotheby’s Institute. Vivendo sempre no meio artístico, Maria Mergulhao mudou-se para Portugal em 2016, onde desde então trabalha e escreve no seu estúdio cor-de-rosa nos arredores de Lisboa.

Por ocasião da comemoração do “Dia de Coming Out” a artista foi convidada a apresentar o seu trabalho numa iniciativa do Centro LGBT, como âmbito do seu projecto e trabalho contínuo que defende e estima a essência da presença Queer no campo pessoal, político, social e económico da sociedade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.