“De Famalicão Para o Mundo: 50 Anos da Leica em Portugal” é o nome da mais recente exposição a ser inaugurada na Casa das Artes, em Vila Nova de Famalicão.

Esta mostra fotográfica, que abriu ao público no dia 5 de setembro e conta com a curadoria de Karin Rehn-Kaufmann, Diretora de Arte e Diretora Internacional das 26 Galerias Leica, "promete cativar entusiastas da arte e da fotografia, ao transportá-los numa viagem através do tempo, da tecnologia e de momentos atemporais eternizados em fotografia."

“Acredito que a fotografia deve criar um impacto positivo através de uma narrativa clara, emotiva e honesta, e foi com esta premissa em mente que trabalhei na construção desta exposição. Cada imagem exposta é um fragmento do passado que se torna presente, um testemunho da paixão, criatividade e dedicação dos fotógrafos que escolheram confiar nas nossas soluções de imagem”, afirma Karin Rehn-Kaufmann em comunicado.

Com recurso a fotografias de arquivo, a série “5 Décadas” demonstra o compromisso e dedicação, bem como a evolução desta unidade de produção da Leica, nascida em Vila Nova de Famalicão, que iniciou o seu percurso em 1973 com pouco mais de 10 colaboradores. Já a série “Um dia”, de Gonçalo Fonseca, fotógrafo documental e curador baseado em Lisboa, especializado em projetos íntimos e de longa duração, apresenta as rotinas da fábrica, cinco décadas após o seu começo.

Pela primeira vez em Portugal, estarão em exposição um conjunto de 12 fotografias icónicas de nomes como Ralph Gibson, Steve Mcurry, Joel Meyerowitz, Thomas Hoepker ou Barbara Klemm, vencedores do Leica Hall of Fame, um prémio que celebra a carreira de fotógrafos que contribuíram para o desenvolvimento da marca e da arte fotográfica.

No primeiro andar da Casa das Artes, estará patente “Os rostos de hoje”, da autoria do consagrado fotógrafo Michael Agel, série que retrata o rosto de cada um dos colaboradores atuais da Leica em Portugal, pessoas que trabalharam diariamente para o sucesso da empresa ao longo das últimas cinco décadas e que transformaram o tradicional negócio de Wetzlar num empreendimento europeu, que transmite, com paixão, os valores e a precisão da marca ao mundo.

“É com grande satisfação e orgulho que damos início às celebrações dos 50 anos da Leica em Portugal com a exposição fotográfica que testemunha a nossa jornada de cinco décadas de dedicação pela excelência”, refere Pedro Oliveira, Administrador da marca em território nacional. “A exposição não celebra apenas a história da Leica em Portugal, é sobretudo uma homenagem aos nossos colaboradores, que têm sido a espinha dorsal da nossa jornada. O seu compromisso com a excelência e a sua paixão pelo trabalho que realizam são o que torna a Leica em Portugal uma referência no mundo da fotografia e da tecnologia.”

 De entrada gratuita, a exposição “De Famalicão Para o Mundo: 50 Anos da Leica em Portugal” vai estar patente até dia 12 de novembro de 2023 e pode ser visitada de segunda a sexta-feira entre as 09h00 e as 18h00.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.