Exalam, quase todas, um aroma fabuloso e conferem um sabor muito característico a muitos pratos, sendo por isso regularmente usadas pela maioria dos chefs e dos cozinheiros. Muitas chegam a ser embaixadoras de algumas das regiões do país. Junto das sebes e dos canteiros, as aromáticas contribuem para a boa saúde das plantas e perfumam o ambiente. A propagação de culinárias é muito fácil. Este processo exige, contudo, alguns cuidados para garantir um desenvolvimento saudável e efetivo. Saiba como deve proceder.

1. Retire a planta

Comece por extrair, cuidadosamente, a planta que pretende propagar. Através da divisão, as plantas melhoram o vigor.

2. Divida por secções

Separe a mata em várias secções com recurso a uma navalha, a uma pequena pá ou a uma tesoura. Se a parte central não tem crescimento satisfatório, não a aproveite.

3. Retire as raízes estragadas

Se vir que não estão em condições, não as use. Retire as raízes estragadas ou compridas. Corte a folhagem velha para compensar a poda de raízes e coloque as novas plantas em vasos. Depois, transplante.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.