A dança oriental ou dança do ventre, como é mais frequentemente apelidada, é uma arte milenar mundialmente famosa, mas ainda desconhecida e pouco praticada em Portugal. Susana Amira apaixonou-se por esta dança em 2002 e, catorze anos depois, é uma das mais relevantes e premiadas bailarinas de dança do ventre a nível nacional. O esforço e a dedicação são diários e o objetivo é único: difundir a dança do ventre como uma forma de expressão artística e de emoções como qualquer outra dança.

Para tal, Susana Amira ensina, coreografa, realiza espetáculos e criou um grupo de dança em conjunto com as suas alunas, Raqs Amira, com quem partilha muitas vezes o palco.

"Dos 6 aos 60 anos, de estudantes a cientistas e educadoras de infância, o grupo Raqs Amira não podia ser mais heterogéneo, exceto numa coisa: o seu amor e dedicação à Dança do Ventre", afirma Susana Amira, a professora, bailarina e coreógrafa deste grupo.

Para estas alunas, a dança oriental é uma forma divertida de fazer exercício físico e de praticar uma modalidade que as faz sentir bem na sua pele. Aqui, os preconceitos e vergonhas ficam à porta e, nos estúdios, a música, a dança e os sentimentos tomam o seu lugar.

“É com enorme alegria que assisto e participo na transformação das minhas alunas. Observo a evolução na dança, mas também mudanças no que respeita à autoestima e confiança”, explica Susana.

Sempre com a visão de clarificar o que é na realidade a dança oriental e de ultrapassar o estigma do “abanar de anca” Susana Amira viajou, aprendeu com os melhores professores de todo o Mundo, chegando mesmo a participar numa grande produção de Hollywood: Tutankamon.

Este ano, as Raqs Amira já têm presença confirmada em espetáculos no Centro Cultural da Malaposta dia 20 de março, Huelva Oriental, East Fest Lisbon entre outros.

Se sempre sonhou ser uma bailarina oriental, porque não tentar agora? Para experimentar uma aula e conhecer melhor a Dança do Ventre, ou para assistir a um espetáculo, consulte www.susanaamira.com

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.