O simples fato de estarmos vivendo sob um novo paradigma, nos remete à possibilidade de transformar nossas vidas. De nada adianta sentirmos e vermos que tudo está mudado e continuarmos vivendo mesma maneira que vivíamos quando nos encontrávamos sob o antigo paradigma. Insisto em tudo que escrevo e falo que vivemos um momento que a cada dia que passa, através de inúmeros acontecimentos, nos apercebemos mais e mais que somos seres espirituais.

E como seres espirituais que somos, devemos mudar nossa rotina e torná-la condizente com nossa nova condição. Me refiro a trazer o sagrado para nossas vidas e quando falo em trazer o sagrado para nossas vidas quotidianas, não me refiro somente à prática da meditação ou a acender algumas velas aos anjos para nossa proteção.

Há todo um trabalho de mudança real e profunda que deve ser feito por nós que depende da nossa unicamente da determinação no sentido de transformar padrões cristalizados de funcionamento em setores medulares de nossas vidas, tais como relacionamento afetivo e sexual, dinheiro e trabalho, contato com o corpo físico, nossa saúde e finalmente, nossa busca espiritual. Nossas relações quotidianas com essas áreas da vida precisam urgentemente de mudanças, se quisermos sobreviver às novas energias.

O conhecimento é e sempre será fundamental para vivermos mais e melhor, além de nos auxiliar a sair da ignorância. No entanto, só conseguimos sair definitivamente dela, quando aliamos esse conhecimento à chama de amor que arde em nossos corações. Quando isso acontece, floresce nossa intuição e encontramos dentro de nós a tão procurada sabedoria. A partir desse encontro, podemos trazer com facilidade, o sagrado em nossas vidas quotidianas. Isso tudo requer muito trabalho e uma clara consciência da necessidade de mudança.

Veja a continuação do artigo na próxima página

Se você tiver alguma dúvida relacionada a essa necessidade, certamente não fará nada nessa direção, pois esse trabalho de reconstrução é lento e requer muita força de vontade. Há que se querer de fato a mudança. Por exemplo: muitas pessoas, homens e mulheres se queixam da solidão, das dificuldades que enfrentam nos relacionamentos, em seus trabalhos, dificuldades financeiras e com sua saúde.

No entanto são poucas as que realmente querem fazer alguma coisa em direção à solução real desse problema. De nada adianta querermos nos relacionar da forma antiga, pois sabemos que essa forma está mais do que testada e quase todos nós conhecemos a dor de seu fracasso. Relacionamentos baseados na fantasia do príncipe encantado e da princesa que espera seu salvador na torre do castelo, estão fadados a um triste, mas real fracasso.

Muitos de nós, ainda hoje, esperamos encontrar alguém que nos complete, esperamos por nossa alma gémea, nossa cara metade. Parece que a grande maioria dos seres humanos ainda não se deu conta que a outra metade está dentro de nós e não fora, e só quando formos capazes de vivermos inteiros e felizes sozinhos é que poderemos nos relacionar verdadeiramente, sem nenhum resquício de dependência. Devemos aprender urgentemente como construir uma relação de interdependência, que é bastante diferente.

Alma gémea? Acredito ser mais inteligente de nossa parte começar a pensar no conceito de companheiros ou parceiros. O que você acha? Não te parece bem mais interessante e leve pensar dessa forma? Não acha muito mais honesto ter alguém ao nosso lado simplesmente porque desejamos compartilhar nossas vidas com essa pessoa, e não depender dela? Acredito que se não pararmos para refletir e criar novas maneiras de nos relacionarmos permaneceremos todos frustrados e continuaremos as velhas disputas e competitividades entre masculino e feminino, o que não deixará nunca de ser grande de tempo e energia.

Veja a continuação do artigo na próxima página

Com relação ao trabalho penso que mudanças parecidas devam ser feitas primeiro dentro de nós para depois darmos os passos que devemos dar em nossas vidas profissionais. A ideia de parceria funciona também para esse setor de nossas vidas. Que tipo de relação você tem com seu trabalho? Você pensa em se dar, em melhorar seu desempenho através de cursos de aperfeiçoamento? Ou é aquele tipo já ultrapassado de pessoa que acredita que toda melhoria deve partir da empresa? Se você se relaciona com seu trabalho dessa maneira, está na hora de reavaliar sua postura. E sua saúde? Você tem cuidado de seu corpo? Feito exercícios regulares, se alimentado de forma correta?

Acredito que no mundo atual, temos em nossas mãos toda sorte de informações que precisamos para construir uma vida melhor. Caso você não esteja fazendo nada para seu aperfeiçoamento, não tem direito de reclamar. Não sinta receio em dar o primeiro passo, pois o tempo e a natureza trabalham a seu favor. No mesmo instante que você decide colocar o seu olhar, ou seja, sua consciência na forma que está se relacionando com a vida, a magia começa a acontecer – o sagrado começa a se instalar em sua vida.

A magia da vida acontece a todo instante, mas você está de tal forma envolvido em seus problemas que nem ao menos se apercebe que a solução possivelmente está em suas mãos. Muitas vezes uma única mudança de atitude muda toda uma vida. Pense, reflita profundamente. Não espere que as mudanças aconteçam sem o seu empenho, elas não acontecerão. O sagrado pode e deve fazer parte de nossas vidas quotidianas, e ele só se manifesta quando nos tornamos recipientes da luz, resultado que conquistamos através da luta pelo equilíbrio e pela paz.

por: Eunice Ferrari

Site: www.euniceferrari.com.br

E-mail: eunice.ferrari@terra.com.br

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.