Num momento em que a Humanidade se debate com o agravar da pandemia e com medidas mais apertadas como forma de a conter, saiba o que nos trazem os astros para este mês que pode ser decisivo para o rumo da nossa História.

Astrologicamente, novembro promete ser um mês bastante intenso, já que há vários movimentos planetários que têm impacto significativo nas nossas vidas - que, de resto, atravessam um período de grandes mudanças e adaptações forçadas perante uma situação que (ainda) não sabemos controlar.

Mercúrio deixa de estar retrógrado logo no dia 3 de novembro, o que significa que pode haver um certo avanço e que as situações que estavam bloqueadas podem finalmente começar a desenvolver-se num sentido mais construtivo.

Mercúrio encontra-se em Balança, o que favorece a partilha de ideias e a expressão de sentimentos. Dizer o que nos vai no coração e sermos honestos e justos connosco próprios ajuda-nos a encontrar as palavras certas para expressar, com tato e diplomacia, a nossa verdade, o que, por sua vez, pode abrir portas que estavam fechadas. É sabido que Mercúrio retrógrado nos obriga a fazer uma análise e reflexão: agora, que volta a estar direto, Mercúrio chama-nos para a ação. É tempo de avançar com as nossas ideias, de dizer o que sentimos, de expor a nossa opinião. Se Mercúrio retrógrado nos trouxe dificuldades em tomar uma decisão, agora, que volta a estar direto, será mais fácil agir. Os relacionamentos, área influenciada pelo signo Balança, onde se encontra Mercúrio, podem ser especialmente afetados por este aspeto.

Podemos tomar decisões que vão alterar a nossa dinâmica afetiva, trazendo mudanças na maneira como nos relacionamos com aqueles que têm maior significado na nossa vida.

Até ao dia 9, Mercúrio permanece em Balança e, como deixa de estar retrógrado, pode ajudar-nos a chegar a bom porto em assuntos que nos preocupavam no relacionamento ou na nossa vida amorosa. No dia 10, Mercúrio entra em Escorpião e continua direto, apurando a nossa mente e ajudando-nos a resolver assuntos mais complexos, especialmente no que diz respeito à vida material e a questões práticas do quotidiano.

Atenção: Mercúrio forma um aspeto tenso com Saturno entre os dias 1 e 6 de novembro, o que faz com que este período seja mais atribulado. Evite tomar decisões entre estas datas, e saiba ser gentil consigo próprio e com os outros. Cada um de nós está a fazer o melhor que pode, de acordo com aquilo que sabe e com o que tem.

A energia de avanço é dominante ao longo do mês: para além de Mercúrio, também Marte e Neptuno deixam de estar retrógrados, o que liberta a tensão acumulada, ajudando-nos a agir, com maior firmeza e convicção.

Marte deixa de estar retrógrado no dia 13, e isso faz com que seja mais fácil ir atrás das nossas metas e ambições. Desde setembro que Marte estava retrógrado, fazendo-nos hesitar e condicionando as nossas ações, não nos permitindo ver com clareza o que fazer, nem como. Marte direto pode propiciar a impulsividade e levar a ações que não nos levam no caminho certo, pelo que é preciso redobrar o cuidado com as decisões que tomamos e com as escolhas que fazemos. Ainda assim, esta energia é poderosa e dinâmica, ajudando-nos a sair de impasses e a desbloquear situações. Marte retrógrado ajudou-nos a perceber melhor o que realmente queremos, Marte direto ajuda-nos a pôr em prática as nossas ideias e a seguir os nossos instintos. O dia 13 pode ser mais tenso, trazendo novamente ao de cima questões que nos preocuparam por volta do dia 9 de setembro, quando Marte ficou retrógrado.

No dia 28, é Neptuno que também deixa de estar retrógrado, o que pode obrigar-nos a enfrentar a realidade despida de ilusões com que nos enganámos a nós próprios. Neptuno direto faz com que consigamos ver com maior clareza e certeza aquilo que de facto está por detrás das situações, o que também contribui para que tenhamos maior firmeza nas nossas ações. Por outro lado, Neptuno direto reforça a nossa inspiração e criatividade, o que é muito positivo para todos os trabalhos que estão relacionados com a criação e para que, a todos os níveis na nossa vida, sejamos capazes de abordar os problemas de uma forma mais criativa, permitindo-nos isso, assim, chegar mais facilmente a soluções. A fé é também redobrada, trazendo-nos força e motivação.

Uma das datas mais marcantes deste mês será o dia 12, quando Júpiter forma a terceira conjunção do ano com Plutão. A primeira ocorreu em abril, a segunda em junho. Este aspeto pode despoletar situações inesperadas e pode fazer com que se perca o controlo, já que Júpiter tende a "exagerar" e Plutão despoleta as transformações profundas. O efeito deste aspeto não tem de ser negativo, já que ele traz também um enorme potencial de construção, podendo fazer com que, a nível pessoal, a sorte se vire a nosso favor.

A energia dominante é favorável à conquista de metas e ajuda-nos a remover obstáculos que pareciam ser intransponíveis. Podemos, também, perceber melhor os desejos mais profundos que se escondem dentro de nós, já que as paixões são intensificadas tanto por Júpiter como por Plutão.

Por fim, outro dos pontos em destaque neste mês tem a ver com a energia lunar: no dia 15 temos uma Lua Nova em Escorpião, com um forte potencial de transformação interior, já que ocorre no signo das metamorfoses e, no dia 30, a Lua Cheia vem acompanhada de um eclipse lunar, o que pode trazer mudanças e um forte sentimento de libertação.

A Lua Nova em Escorpião dá-nos coragem para sair da nossa zona de conforto e tem também um grande potencial curador, ajudando-nos a libertar mágoas, ressentimentos e bloqueios que nos mantêm presos a situações negativas.  Esta é uma das melhores alturas do ano para fazer um corte radical com o passado, para "despir uma pele" que já não lhe serve e para se atrever a fazer uma mudança radical. É, também, um período muito propício à intimidade, já que ajuda a compreender melhor os outros, as suas verdadeiras motivações, e a trazer ao de cima os sentimentos escondidos. No dia 21 de novembro, Vénus entra em Escorpião, intensificando os sentimentos e fortalecendo as uniões.

Também a 21, o Sol entra em Sagitário, renovando a nossa confiança e otimismo. A 30, a Lua Cheia em Gémeos com um eclipse lunar pode trazer revelações surpreendentes, ajudando-nos a esclarecer mistérios e a resolver assuntos que não estavam claros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.