E se as marmitas ganham força entre os adultos, as lancheiras regressam para as mãos dos mais pequenos. As vantagens para os pais são inumeráveis:

1 – Poupa-se dinheiro no lanche dos bares das escolas
2- Evita-se que comam junk food, logo problemas de obesidade infantil
3 – Maior controlo do que comem e quantidades

Estas três vantagens têm-se repercutido no crescimento das ofertas das lancheiras que muitas crianças/jovens consideram já infantis para a sua idade.

Assim e, para além daquelas que exibem os seus heróis como o Pooh, a Bela Adormecida e o Homem Aranha, há modelos mais discretos, tanto para rapaz como para rapariga.

Uma rápida pesquisa pela internet e encontramos empresas que vendem de tudo um pouco, sem se perder tempo em deslocações.

Tons mais garridos, de uma cor só, com ou sem textura, com ou sem divisões, afinal, qual é a lancheira ou a marmita perfeita.

Na realidade, não existe e o segredo para escolher é adaptar-se ao estilo e às necessidades de quem a usa. Há quem prefira não misturar fruta com comida e queira tudo muito segmentado e há quem leve muito pouca coisa e basta uma mini marmita.

Ou seja a escolha é sua e do seu filho, desde que seja prática nos seus propósitos.

Foto: LapTop Lunche

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.