Segundo pesquisadores australianos existe uma forma de estimular o crescimento natural de tecidos da mama para reconstruir os seios após cirurgias de mastectomia em pacientes de cancro.

A técnica, já testada em porcos, consiste em implantar uma espécie de “molde” em forma de seio sob a pele do peito da mulher, sob o qual seriam injectadas células musculares da própria paciente para estimular a produção natural de gordura no local.

Os cientistas do Instituto de Microcirurgia Bernard O’Brien, de Melbourne, pretendem começar os testes em humanos no próximo ano, inicialmente com seis mulheres.

23 de Novembro de 2009

Veja ainda

Esperança para s mulheres com cancro da mama

Pipoca pode evitar cancro

Estudo revela estado de hidratação de portugueses

Mini-abdominoplastia

Moda que faz bem à saúde

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.