Numa experiência realizada em Nova Iorque, pesquisadores verificaram que os homens resistem melhor a um prato de comida do que as mulheres.

Durante 24 horas um grupo de voluntários - 10 homens e 13 mulheres - esteve em jejum. Ao longo do dia foram feitos exames e apurou-se que os homens apresentaram muito menos actividade em regiões do cérebro associadas ao desejo por comida do que as mulheres.

"Os nossos resultados podem-nos ajudar a compreender mecanismos neurobiológicos associados à habilidade de controlar a quantidade de comida ingerida", disse Gene-Jack Wang, principal autor do estudo.

Segundo Wang, a pesquisa também pode "sugerir novos métodos farmacológicos ou outras intervenções para ajudar a pessoa a regular o seu comportamento alimentar e manter um peso saudável".

Refira-se ainda que os voluntários foram submetidos a uma experiência tentadora do ponto de vista gastronómico: por eles passaram pizzas, bolos de chocolate e carne grelhada, acabados de serem confeccionados, para produzirem o tal aroma convidativo.

"Embora as mulheres tenham dito que estavam menos famintas quando tentavam inibir a sua resposta à comida, os seus cérebros continuavam activos nas regiões que controlam o desejo de comer", disse Wang.

Contudo, os pesquisadores ressalvam o facto de as mulheres responderem a este apelo em diversas fases do seu ciclo menstrual, o que pode distorcer os resultados finais do estudo.

6 de Agosto de 2010

Veja ainda:

Chegou a hora de abrir os cordões à bolsa

Dita Von Teese fas strip no desfile de Gaultier

Paris fashion Week: Chanel

Acabe com os mitos das dietas

Uma pen que vai fazê-la brilhar

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.