Mas não queria escrever sobre uma vida qualquer. Não teria paciência nem motivação para escrever sobre algum músico, ator, político ou qualquer outra personalidade com o ego demasiado inchado e uma vida desinteressante.

Devo ter uma estrelinha da sorte muito ativa (ou então sou apenas bastante determinada) porque o inusitado aconteceu. O Eric conheceu um pouco do meu trabalho e confiou-me a missão de narrar com carta branca estes quase cinquenta anos de vida em que os dias se sucedem com emoções tão intensas como fotografar tribos antropófagas ou dar a volta ao Mundo sozinho em cima desta Harley toda desconjuntada. Mas isto são só meras páginas do livro da existência deste fotógrafo antropológico-businessman-aventureiro-desvairado. E são todos os seus capítulos que espero ter a capacidade de narrar com justiça, emoção e interesse, de forma a fazer-lhe justiça e a dar-vos o prazer de lerem a história de vida deste herói dos tempos modernos cuja maior virtude é uma sensibilidade humana capaz de nos inspirar a todos a viver os nossos próprios sonhos.

Por agora, enquanto o livro se escreve, resta-me desafiar-vos a procurá-lo no facebook e, porque não, a pedirem-lhe amizade.

Abraço desde a Prevença,

Ana Amorim Dias

Biografia

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.