Nelson Rolihlahla Mandela, o político sul-africano que se tornou na figura maior da luta anti-apartheid, morreu a 5 de dezembro de 2013, mas as frases sábias que deixou como legado continuam a fazer sentido num mundo que volta a ser marcado por ataques racistas, por acusações veladas e por manipulações sociais que nos fazem, muitas vezes, crer que somos mais livres do que na realidade somos.

Estas são 15 das suas declarações públicas mais inspiradoras:

1. "É sempre impossível, até estar feito".

2. "A educação é a mais poderosa arma que temos para conseguir mudar o mundo".

3.  "É mais inteligente persuadir as pessoas a fazer coisas e depois levá-las a crer que foram elas que tiveram a ideia".

4. "Uma boa cabeça e um bom coração são sempre uma combinação formidável".

5. "Eu aprendi que a coragem não é a ausência de medo mas, sim, o triunfo sobre ele. Um homem corajoso não é o que não tem medo. É aquele que o consegue ultrapassar".

6. "É melhor liderar na sombra e colocar outros no lugar da frente, sobretudo quando se celebram vitórias e coisas boas. Só devemos assumir a liderança quando há perigo. Nessa altura, as pessoas conseguirão valorizá-la".

7. "Depois de subirmos a uma grande montanha, apenas descobrimos que há muitas mais para escalar".

8. "As pessoas reagem em consonância com o modo como lidamos com elas. Se as tratarmos com violência, elas responderão de um modo violento".

9. "Ser livre não é viver sem amarras. É viver de uma forma que respeita e que promove a liberdade dos outros".

10. "Se quiser fazer as pazes com um inimigo, terá de trabalhar com ele. Nessa altura, ele passará a ser um parceiro".

11. "Quando a globalização, como muitas vezes sucede, faz com que os ricos e poderosos apenas tenham novos meios de aumentar a sua riqueza e o seu poder, temos a responsabilidade de protestar em nome da liberdade universal".

12. "O dinheiro não cria o sucesso. A liberdade é que o fará".

13. "Mesmo que tenha uma doença terminal, não se deve sentar nem baixar os braços. Deve aproveitar a vida e desafiar o problema de saúde que tem".

14. "Não há nada como regressar a um lugar que se mantém inalterado para descobrir até que ponto é que nós mudámos".

15. "Nunca posso admitir que sou corajoso e que posso derrotar o resto do mundo".

Celebração anual

Anualmente, desde 2009, a 18 de julho, assinala-se o Dia Internacional Nelson Mandela - Pela liberdade, justiça e democracia. Uma comemoração internacional instituída pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas em novembro desse ano. O dia escolhido pretende recordar a data de nascimento do líder sul-africano. Em 2019, se ainda fosse vivo, Madiba, alcunha por que era muitas vezes tratado, faria 101 anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.