A Universidade de Coimbra (UC) é a instituição mais sustentável em Portugal e a 21ª no mundo, de acordo com a terceira edição do ranking The Times Higher Education Impact Rankings 2021. Com a pontuação de 92,7 do total de 100, a UC foi a instituição portuguesa a melhor atender aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

A UC foi a melhor classificada no cumprimento do ODS2, Erradicar a Fome, sendo a terceira melhor universidade do mundo no cumprimento desse objetivo. O combate ao desperdício de alimentos, a existência de uma refeição social, a entrega de cestas alimentares pelos serviços de ação social da UC a grupos de estudantes por um preço baixo ou até mesmo as iniciativas com produtores locais para escoamento de produtos são algumas das razões por trás desta pontuação.

Além de projetos de investigação e participação em grupos de pesquisa de soluções agroalimentares, como o Mobfood, que reúne agentes do setor agroalimentar à procura de uma indústria alimentar nacional mais competitiva, ou o Reseed, que estuda os impactos socioeconómicos e ecológicos da disseminação de produtos alimentares de outros continentes na Europa, desde o século XVIII.

A UC também se destaca ao atender ao ODS 9 - Indústria, Inovação e Infraestrutura, ocupando a 13ª posição em todo o mundo. Para dar suporte a este resultado, houve o número de spin-offs criados (121), o número de patentes ativas (304) e o trabalho do Instituto Pedro Nunes, uma instituição criada pela UC, cuja incubadora apoiou 330 empresas, criou 2.600 empregos e gerou uma média anual de 190 milhões de euros em volume de negócios.

Além disso, vale observar as iniciativas de Energy for Sustainability (energia para a sustentabilidade, EfS), uma resposta aos desafios da área de desenvolvimento energético e sustentável, e a Ageing Coimbra, um consórcio para o envelhecimento ativo e saudável, que pretende estimular a economia e o jovem empreendedorismo no que se refere a serviços de saúde.

A UC também obteve boa classificação atendendo ao ODS 3 - Saúde de Qualidade, ocupando a 44ª posição em todo o mundo. Neste objetivo destacam-se os projetos UC+Ativa em casa, que oferece programas de atividade física; a plataforma de voluntariado UC Transforma; os serviços gratuitos de saúde com apoio psicológico e psiquiátrico aos profissionais da saúde; e a colaboração com entidades locais, nacionais ou internacionais de saúde.

"Estes resultados são motivo de orgulho e motivação, mas são tão encorajadores quanto desafiadores porque ainda há um grande caminho a ser percorrido", diz Amílcar Falcão, reitor da UC. "Para criar uma consciencialização social, ser um exemplo e reunir esforços é essencial atingir os objetivos coletivos que envolvem os nossos alunos, que são os que terão de viver no mundo de amanhã", acrescentou.

O The Times Higher Education Impact Rankings avalia como a investigação, o ensino e a gestão da instituição contribuem para atender aos ODSs estabelecidos pelas Nações Unidas, sendo a única ferramenta no mundo que avalia esses compromissos.

A UC está entre as 100 melhores universidades em todo o mundo em nove dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.