Desde 2008 que não se assistia a uma razia com as proporções que se registam atualmentes. Segundo o último relatório do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), só entre agosto de 2019 e julho de 2020 foram dizimados 11.088 quilómetros quadrados de floresta tropical. Por dia, de acordo com aquele organismo de investigação brasileiro, é destruída uma área equivalente a 4.300 campos de futebol. Em apenas dois anos, a desflorestação da floresta amazónica aumentou quase 50%.

As regiões mais atingidas estão localizadas nas proximidades das vias rodoviárias, que também aumentaram de forma significativa nas últimas décadas. O estado do Pará é um dos mais afetados mas a região de Lábrea, no interior do estado do Amazonas, uma das últimas paragens da estrada transamazónica é um dos territórios onde a desflorestação ilegal mais tem crescido. O Brasil concentra 60% da floresta amazónica, um território que inclui 5,5 milhões de quilómetros quadrados de floresta tropical.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.