A média de casamentos em Portugal está entre os 15 000 e os 25 000 euros e nem sempre os noivos possuem essa quantia para dar vida ao seu sonho. Mas o que não sabem é que ter um orçamento apertado não significa que não se possa viver um dia maravilhoso. Só é preciso encontrar alternativas que irão ajudar a organizar um casamento muito mais original. Sugestões? Continue a ler!

1. Criatividade em ação!

No caso de ter um orçamento de casamento limitado, a criatividade será a sempre a sua principal aliada para conseguir organizar o seu dia de forma original, sem descurar nenhum detalhe.

Um casamento barato…e de sonho? Sim, é possível!
créditos: Meraki Studio

Para se inspirar, pode aproveitar os seus hobbies e temáticas favoritas e recorrer, depois, ao DIY (Do It Yourself ou “Faça você mesmo”), nomeadamente no caso dos convites, em diferentes elementos da decoração, nos arranjos florais e até mesmo nas lembranças de casamento, conseguindo assim uma celebração muito mais personalizada, que imprime em cada detalhe aquele toque sentimental tão característico de tudo é que feito pelas nossas próprias mãos.

Até mesmo em relação ao vestido de noiva pode poupar um bom dinheiro se optar por contratar uma costureira para ajudá-la a reutilizar um vestido de noiva antigo, quem sabe da sua mãe ou de outro membro da sua família. Com a inclusão de tecidos e vários ajustes, ficará certamente espetacular e será uma peça que trará muito mais emoção ao seu grande dia!

2. Menos é mais…até no número dos convidados!

Para conseguir um casamento barato não tem necessariamente de reduzir o número de convidados, embora esse seja, efetivamente, o caminho mais fácil e eficaz. E não tem de se sentir mal por causa disso. Basta dar um pouco mais de atenção à sua lista de convidados e pensar: quem é que eu vou querer, realmente, ao meu lado? Deixe de lado aqueles que iria convidar por mera obrigação, não encare um casamento como um reencontro de quem não vê há 20 anos e foque-se em partilhar o seu dia com aqueles que fazem parte da sua vida.

Um casamento barato…e de sonho? Sim, é possível!
créditos: Foto Visual Daniel

Existe ainda outra solução, que é muito pouco praticada por cá, mas que já é comum noutros países: fazer dois turnos para o casamento. Como? Organize dois grupos: um formado pela família e amigos mais próximos e um que englobe todos os outros. Ambos os grupos participam da cerimónia, mas apenas o primeiro fica para o banquete e para a festa. Uma decisão arriscada, sobretudo se pensar no casamento de uma forma mais tradicional, mas que pode ajudar muito a economizar!

3. Aproveite a “mão de obra” grátis!

As pessoas que vai querer ter ao seu lado são aqueles que também vão querer a sua felicidade e, por isso, não irão negar a ajuda na organização daquele que será um dos dias mais importantes da sua vida. Aliás, certamente que irão ficar muito contentes por poder fazê-lo! Assim, aproveite as habilidades de cada um e envolva-os em diferentes tarefas: decoração, fotografia, animação e até mesmo no menu do casamento, entre outros.

Um casamento barato…e de sonho? Sim, é possível!
créditos: Wendy Creating Moments | Foto: Plumeria

4. Aproveite as temporadas baixas

Há épocas do ano com menor procura, pelo que os preços baixam consideravelmente. Para além disso, e para quem procura originalidade, casar no inverno ou no outono, por exemplo, pode ser bastante encantador e perfeito para uma decoração e ambientes exclusivos.

As chamadas temporadas baixas, na realidade, estão cheias de vantagens, pois embora seja muito pouco provável que consiga fazer um casamento ao ar livre, será bem mais fácil encontrar um espaço para a data desejada e usufruir de packs exclusivos que os espaços oferecem para angariar noivos, com preços bem simpáticos.

Um casamento barato…e de sonho? Sim, é possível!
créditos: Meraki Studio

Por seu turno, eventualmente também poderá aproveitar a temporada baixa de determinados lugares para economizar na sua lua-de-mel. Há muitos locais que gozam de bom tempo o ano inteiro e, que nestas alturas, até são mais aprazíveis, pois não sofrem de invasões em massa de turistas.

5. Inove no estilo de banquete

Hoje em dia são cada vez mais os noivos que optam por servir um banquete diferente. Esqueça o tradicional Copo-d’água, com todos os convidados sentados à mesa e o serviço de dois ou três pratos, sobremesas e buffets. Opte apenas pelo último, ao estilo self-service, ou até mesmo por apenas um cocktail, onde os empregados de mesa servem aperitivos e todo o tipo de finger food. Se quiser alargar o conceito, pode colocar os tão famosos corners ou bancas de comida, espalhados em diferentes zonas do espaço do cocktail, onde poderá servir todo o tipo de iguarias, desde sushi a grelhados, fast food ou mariscos e bebidas, entre outros. Tudo sem descurar a excelência culinária. Não esqueça também que, para este tipo de serviço, opta-se pelas mesas longas para os convidados se sentarem.

Um casamento barato…e de sonho? Sim, é possível!
créditos: Aguiam Wedding Photography

6. Considere alternativas ao bolo de casamento

O conceito em torno do bolo de casamento também tem vindo a sofrer alterações com o passar do tempo, pelo que hoje existem alternativas mais baratas e simultaneamente originais.  Por outro lado, o momento do corte do bolo já começa a ficar um pouco fora de moda e, em alguns casamentos, serve-se o bolo como sobremesa, sendo que noutros o mesmo é substituído por outros tipos de doces ou opções variadas, como donuts, gelados, crepes, muffins e waffles.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.