Nos últimos meses, assistimos à subida contínua das taxas de juro, o que se reflete nos créditos habitação, com o consequente aumento das prestações mensais. Uma subida que acarreta a natural preocupação dos consumidores, face à dificuldade de acomodarem o valor da prestação da casa no rendimento disponível para as despesas do mês.

Uma realidade que nos alerta para a necessidade de estarmos atentos a opções que permitam baixar os custos do empréstimo. Uma dessas soluções passa pela possibilidade de transferirmos o crédito habitação para outra instituição bancária.

Ao transferir para o Banco CTT poupa no seu crédito habitação, conseguindo assim um maior equilíbrio do seu orçamento financeiro. Aproveite a campanha especial para transferências a partir de 100.000 euros (taxas variáveis e fixas), formalizadas até 31 de março de 2023.

Com um spread desde 0,85% na transferência do crédito habitação (TAEG desde 3,4%) e oferta da primeira anuidade dos seguros habitação até 1.000 euros, a presente campanha conta com outras vantagens:

- Zero euros nas comissões de contratação do empréstimo;

- Zero euros na formalização da escritura (DPA);

- Zero euros na comissão de avaliação do imóvel (após contratação do crédito);

Para que possamos tornar “palpável” as vantagens da presente campanha, o Banco CTT dá-nos um exemplo prático*:

A Marta transferiu o seu crédito para o Banco CTT, baixou a prestação da sua casa, conseguindo uma poupança anual de 463,08 euros.

Como o consegue?

Antes, a Marta tinha um crédito habitação de 170.000 euros noutro banco, com um prazo de 30 anos e um spread de 1,6%. Por mês, pagava 756,28 euros de prestação.

Ao transferir o seu crédito habitação para o Banco CTT, a Marta viu o seu spread reduzido para 0,95%, com uma nova prestação de 696,26 euros.

Assim vai poupar 60,02 euros todos os meses, o que representa uma poupança anual de 720,24 euros.

Ao final de 30 anos de prazo de vigência do contrato, a Marta terá poupado 21.607,20 euros.

Para saber mais sobre esta campanha promocional consulte o site do Banco CTT ou visite uma Loja Banco CTT.

Para tornar claro o processo e evitar que fique enredado em cálculos e tabelas, o Banco CTT também disponibiliza um simulador online.


* O cenário de simulação considera a Euribor a três meses de novembro de 2022, arredondada à milésima, de 1,825%.

Com spread base: TAEG de 4,0%. Exemplo para um Crédito à Habitação com garantia hipotecária de 170 000 euros a 30 anos, com Taxa de Juro Variável (TAN) de 3,275% (composta pela Euribor a 3 meses de novembro de 2022, arredondada à milésima, de 1,825%, acrescida de um spread de 1,45% reembolsável em 360 prestações mensais no montante mensal de 742,19 euros, para titular com 30 anos e rácio financiamento /garantia de 65%. Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC) de 287 883,88 euros (correspondente à soma do montante total do crédito e do custo total do crédito para o consumidor de 117 883,88 euros o qual inclui juros, custos com comissões e despesas iniciais de 2 244,70 euros (impostos incluídos), prémio mensal médio do seguro vida de 12,74 euros e prémio mensal do seguro multirriscos de 23,02 euros. TAEG calculada de acordo com o Decreto-lei n.º 74-A/2017 de 23 de junho. A taxa de juro aplicada pode assumir valores negativos em função da evolução do respetivo indexante.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.