O imobiliário é tangível

Uma das características que muitas pessoas valorizam no imobiliário é o facto de ser algo real, tangível ou palpável. Contrariamente aos produtos financeiros, conseguimos ver o que estamos a comprar o que acaba por nos descansar. Não temos medo de perder o nosso dinheiro todo.

O imobiliário tem sempre valor

Os imóveis são propriedades que têm sempre valor. Falando de casas, existe sempre um valor associado à sua utilidade. Ou seja, podemos viver nelas ou podemos arrendá-las. Logo, são investimentos que têm alguma segurança.

Os imóveis tendem a valorizar

Não é garantido que ao comprar um imóvel vai sempre ter uma valorização com o tempo. Aliás, esta valorização depende de um conjunto de fatores, entre os quais o preço de compra, a localização ou a qualidade do imóvel. Dito isto, diz-nos a história (não é garantido que se repita) que o valor dos imóveis tenderá a acompanhar a taxa de inflação. Ou seja, em prazos alargados, poderemos esperar uma valorização deste património.

Os imóveis são ótimas garantias bancárias

A compra de uma casa costuma ser realizada com recurso ao crédito bancário ou crédito habitação. Podemos comprar a pronto mas, dado o seu valor, são poucas as pessoas que o conseguem fazer. A grande vantagem dos bens imóveis é que são ótimas garantias bancárias (pelos tópicos a que acima fizemos referência), pelo que conseguimos um crédito habitação com um custo bastante reduzido e prazos mais alargados. Logo, conseguimos prestações mensais tipicamente reduzidas.

Será que vale a pena comprar para arrendar?

Face ao que referimos acima, poderá ser vantajoso comprar um imóvel para colocar no mercado de arrendamento. Sendo certo que os preços das casas têm subido bastante, também é verdade que o valor das rendas também têm subido. Logo, é tudo uma questão de fazer contas.

Se o seu objetivo for comprar para arrendar, deverá comparar o valor que recebe de rendas (deduzido dos vários custos) com o valor do investimento (incluindo custos e impostos). Por exemplo, se consegue obter uma renda anual líquida de €5.000 num imóvel que lhe custou €80.000, irá obter um retorno anual de 6.25%. Se fez a compra com recurso ao crédito, tal significa que apenas terá de dar um capital de entrada, o que irá levar o retorno sobre o dinheiro que efetivamente investiu a taxas perto de 30%-40% ao ano e isto sem considerar a valorização dos imóveis.

O que concluir?

É possível ganhar muito dinheiro com o investimento imobiliário, que tem um conjunto de características que ajuda a mitigar riscos. É certo que os riscos existem sempre, como sendo a desvalorização do imóvel ou o não pagamento de rendas, mas o recurso ao crédito habitação irá limitar os seus riscos ao valor da sua prestação bancária.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.