Por muito que se tenha refletido antes do nascimento de um filho, a realidade nem sempre se presenteia da melhor forma aos pais. Horários para cumprir, tarefas a realizar, tempo de lazer, trabalho extra no emprego, enfim... a panóplia é variada e a solução para uma das atividades pode não se coadunar com outra, por exemplo. Leia as sugestões que podem auxiliar no seu dia a dia familiar.

Legislação
Antes de tudo o mais é conveniente que se informe acerca da legislação em vigor, uma vez que isto irá influenciar no tempo despendido no apoio ao seu filho, bem como para as tarefas do dia a dia. Não só existe a licença de maternidade ou parentalidade, como também as licenças alargadas, trabalho a tempo parcial, dispensa diária para aleitação, direito a faltar por assistência ou hospitalização, direito a faltar cerca de 4 horas por trimestre para ir ao estabelecimento de ensino do seu filho, direito a um horário flexível para quem tem menores de 12 anos, entre outros mais. Por isso já sabe... faça por ter conhecimento dos seus direitos para assim poder conjugar com as restantes atividades.

Refeições
Decerto já ouviu a velha máxima 'a hora do jantar é sagrada' e a mesma deverá ser tida em conta e ser uma prioridade, pelo menos três vezes por semana. Para haver e manter um equilíbrio familiar terão de haver momentos em que se juntem e partilhem. Honre este compromisso!

Férias
Planeie as mesmas com antecedência, por forma a que quando chegue a altura não haja impedimentos ou coisas por fazer de trabalho e que não tenha de atender telefones ou ligar o computador. Este tempo tem de ser de qualidade e dedicado à família.

Organização
Ao trabalhar por conta própria deverá ser mais fácil de fazer esta gestão, uma vez que a tendência é poder gerir o seu próprio tempo. De resto, deverá estabelecer as horas de expediente e cumprir as mesmas não deixando espaço para precedentes.
Em casa, caso tenha essa disponibilidade, contrate uma empregada que lhe facilite as tarefas domésticas, mas acima de tudo partilhe todas as tarefas com o parceiro. Ninguém tem de ser um herói, nem ninguém é perfeito em tudo o que faz por isso tire essa capa de super mulher ou super homem e seja humano. Todos têm dias cansativos, todos precisam de tempo para si... como tal, a entreajuda é essencial!

Qualidade em prol da quantidade
É preferível que arranje tempo e que o mesmo seja bem aproveitado e produtivo do que estar a fazer fretes. O seu filho sente isso e os outros também e esse género de postura é bem pior que a ausência física. Mais vale estar porque quer estar efetivamente e não por ser uma obrigação. Arranje uma atividade física que possam fazer juntos e que gostem, por exemplo, sendo que deverá ser mantida como prioridade e não em algo ocasional.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.