Às variáveis que nos levam à decisão de adquirir uma entre diversas casas não lhes podemos subtrair as perspetivas de crescimento pessoal e familiar oferecidas pelas características do imóvel. A estas somam-se questões práticas – e todos sabemos como são importantes - como a disponibilidade financeira imediata e futura e a ponderação dos encargos mensais associados à habitação. Chegados a este ponto, tocamos num conceito com o qual nos familiarizámos nos últimos anos, o da eficiência energética da habitação. Muito provavelmente, já terá visualizado uma escala de A a G traduzida em cores. Esta, refere-se aos atributos construtivos do imóvel e os consumos energéticos ligados a diferentes usos. Dois exemplos? o aquecimento e arrefecimento da casa e a produção de águas quentes sanitárias.

Ganhar dinheiro e ajudar o planeta ao mesmo tempo. Será possível?
Ganhar dinheiro e ajudar o planeta ao mesmo tempo. Será possível?
Ver artigo

Na prática, adquirir uma casa com uma boa classificação energética, digamos entre A+ e B-, dá-nos, à partida, a garantia de um imóvel com condições vantajosas no que respeita ao pagamento de impostos (ex. IMI) e com redução nos consumos de energia e, como vimos, nas faturas mensais. Esta última questão, a da racionalização do consumo energético, é, por si só, um argumento de peso numa época em que a questão do preço e da disponibilidade da energia estão na ordem do dia. Uma realidade que anda a par com outra preocupação do nosso tempo: a sustentabilidade ambiental, um desígnio comum a todos e nas ações quotidianas que empreendemos.

Apetece dizer, “a natureza agradece”. No caso presente, o Banco CTT junta algumas palavras à expressão, tendo por mote a recente campanha que lançou: “A natureza agradece e o seu crédito também”. Porquê? A resposta está no Crédito Habitação Sustentável que apresenta condições especiais, com um desconto de 0,1% do spread, como incentivo à compra de casa energeticamente eficiente (A-, A e B, B-).

A campanha é válida não só para a aquisição de habitação própria permanente, como também para transferência de crédito, obras, construção e crédito complementar.

Para tornar claro o processo e evitar que fiquemos enredados em cálculos e tabelas, o Banco CTT disponibiliza um simulador online para, face a diferentes variáveis, podermos avaliar o encargo mensal com a compra do imóvel. Não menos importante, o facto deste mesmo simulador nos permitir consultar o valor do crédito na compra de casas verdes (A-, A e B, B-). Um facilitador digital que é extensível ao pedido de crédito online, poupando tempo em deslocações à loja.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.