O que é um fundo de investimento?

Um fundo de investimento é um “instrumento de investimento coletivo”. Em português significa que é uma aplicação financeira que junta num mesmo produto o capital de diversos investidores. Este capital é depois utilizado para comprar determinados ativos que se espera que venham a aumentar em valor, o que se traduz num lucro para o investidor.

Onde investem os fundos de investimento?

O fundo de investimento investe o dinheiro dos seus participantes em diversos ativos, dependendo da sua política de investimento. Na prática, antes de colocar o dinheiro num fundo de investimento temos de saber onde é que este vai ser aplicado. Esta informação é facilmente conhecida e costuma até estar no nome do fundo.

Podemos ter fundos de investimento que investem em todo o tipo de ativos, mas os mais relevantes são:

  • Fundos de obrigações, que usam o dinheiro para emprestar aos Estados (como o português) e a empresas;
  • Fundos de ações, que aplicam o dinheiro na compra de uma carteira de ações de diversos países. Também os países ou áreas geográficas estão discriminados no fundo. Por exemplo, ações dos EUA, ações Europeias, ações de países emergentes, etc.
  • Fundos de imobiliário, que compram imóveis quer residenciais quer comerciais;
  • Fundos de matérias-primas, que compram ouro, prata, cereais e afins;
  • Fundos mistos, que investem em vários destes ativos em simultâneo.

Qual a vantagem dos fundos de investimento?

O investimento nestes produtos financeiros pode ser a solução para muitos pequenos investidores que conseguem deste modo atingir um conjunto de vantagens ou objetivos:

  • Diversificação dos riscos, uma vez que conseguimos investir em muitos ativos ao mesmo tempo;
  • Reduzido investimento, sendo que vários fundos podem ser comprados com montantes muito baixos;
  • Acesso a gestão profissional, que nos liberta tempo para outras coisas mais importantes.

Como escolher um fundo?

Pode parecer algo complexo mas é fundamental que pense que o mais importante não é escolher entre o fundo A e o fundo B. Na realidade, o que determina grande parte do sucesso é a escolha da classe de ativos. Ou seja, escolher investir mais ou menos em ações ou obrigações, o que na prática implicará escolher entre assumir mais ou menos risco.

Tenho de assumir riscos nos investimentos?

É fundamental que tenhamos em mente que o investimento para ganhar dinheiro implica que tenhamos de assumir algum risco. Não precisa de ser muito, mas pelo menos um pouco, isto se queremos ganhar mais do que os bancos nos proporcionam nos depósitos a prazo (na maioria dos casos, zero!). Pense, ainda, que o risco não tem por que ser algo errado à partida. Logo, se investir parte do seu capital - uma parte que não vá precisar no futuro próximo - estará a colocar o dinheiro a trabalhar para si. E nesse caso, os fundos de investimento podem ser uma boa solução para começar.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.