A vascularização fetal persistente (VFP) é uma das malformações oculares mais comuns nas crianças.

Trata-se de uma doença que resulta de malformações vasculares não hereditárias que afetam o olho e que podem originar cataratas, hemorragias intraoculares, glaucoma ou descolamento progressivo da retina.

A maioria das crianças tem VFP em apenas um dos olhos.

Não apresentam geralmente, por isso, queixas de visão reduzida, mas quando os dois olhos são afetados só conseguem ver luzes brilhantes e formas de grandes dimensões. Estas crianças devem ser acompanhadas regularmente por um oftalmologista e, geralmente, evita-se a cirurgia quando a doença afeta apenas um dos olhos.

Para ajudar as crianças com VFP é importante:

- Incentivar o uso dos óculos ou lentes de contacto prescritos pelo médico

- Usar chapéu e óculos de sol para reduzir os problemas da luz

- Utilizar letras e espaçamento grande entre elas para facilitar a leitura

- Descobrir qual o tamanho mais pequeno de brinquedos que a criança pode ver e colocá-los num fundo branco pode ajudar a vê-los mais facilmente

- Observar a que distância as crianças podem ver as expressões faciais, de forma a que as aprendam e possam
imitá-las

- Contar com a ajuda de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais para ajudar a criança a interagir com o mundo exterior

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.