A organização não governamental Environmental Working Group (EWG), cujo relatório de 2018 acaba de ser divulgado, analisou 47 frutas e vegetais que estão no topo das preferências dos consumidores, segundo o Departamento de Agricultura e Alimentação dos Estados Unidos.

Estes testes foram realizados em mais de 38.800 amostras de vegetais produzidos através de agricultura convencional não biológica. Antes de efetuarem os testes, os investigadores lavaram os alimentos para imitar práticas comuns à maioria dos consumidores.

Adicione-os à sua dieta: estes são os 20 vegetais mais saudáveis
Adicione-os à sua dieta: estes são os 20 vegetais mais saudáveis
Ver artigo

Segundo este estudo, uma só amostra de morangos revelou conter resíduos de cerca de 20 pesticidas. O relatório frisa também que um terço de todas as amostras tinha dez ou mais pesticidas.

O relatório indica ainda que 70% das produções analisadas estavam contaminadas com estes químicos.

Depois dos morangos, os alimentos que surgem na lista como os mais contaminados são os espinafres, seguidos das nectarinas, maçãs, uvas, pêssegos, cerejas, pêras, tomates, aipo, batatas e pimentão doce.

Abacate é o mais "limpo"

A EWG divulga também, todos os anos, a lista dos alimentos com menos pesticidas, considerados os "mais limpos".

Nessa lista, o número um é o abacate. Menos de 1% das amostras de abacate analisadas continham pesticidas.

A restante lista dos alimentos menos contaminados por estes químicos é composta por milho doce, ananás, couve, cebola, papaia, espargos, manga, beringela, kiwi, melão, couve-flor e brócolos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.