Parabéns! Depois de muito esforço, conseguiu perder os quilos a mais que tinha e sente-se, seguramente, muito melhor. Mas, agora, faça por manter o seu peso. Isso consegue-se continuando a respeitar os hábitos que seguia na sua dieta e comendo de forma inteligente. Um desafio que implica esforço e contenção. De seguida, encontra 16 ideias que o vão ajudar a concretizar esse objetivo de forma duradoura e saudável.

1. Coma fibras. É vital, porque fornecem poucas calorias, saciam, favorecem o trânsito intestinal e reduzem a absorção de açúcares e gorduras.

2. Prefira laticínios magros.

3. Modere o consumo de alimentos light. "Está comprovado que não só a pessoa ingere maiores quantidades com a desculpa de que é magro, como a própria constituição do produto é diferente, podendo causar alergia ou intolerância alimentar, em virtude de corantes e conservantes adicionados, por exemplo", alerta Iara Rodrigues, nutricionista.

4. Cozinhe ao vapor ou no forno, chapa ou microondas. Evite os fritos.

5. Utilize o mínimo possível de gordura nos guisados e nas sopas. Deixe arrefecer e retire a gordura solidificada.

6. Acompanhe as refeições com molhos pouco calóricos. Em vez dos industriais, pode usar iogurte magro, vinagre ou mostarda, por exemplo.

7. Beba muita água, cerca de oito copos por dia.

8. Não coma bolos ao pequeno-almoço e ao lanche. Substitua-os por tostas integrais ou bolachas tipo Maria, normais ou torradas. As de água e sal, arroz tufado ou milho também são uma opção, mais saudável, a considerar.

9. Evite comer muito à noite. Aposte mais no pequeno-almoço e menos no jantar. Esta máxima tem toda a lógica. À noite, o metabolismo torna-se mais lento e queimam-se menos calorias.

10. Reduza o consumo de carne e enchidos. Prefira peixe e aves.

11. Não salte refeições. O próprio processo da digestão pode queimar até 120 calorias. Faça sempre as cinco refeições recomendadas.

12. Não se proíba de comer um determinado alimento. Se o fizer, irá desejá-lo mais ainda. Ingira-o, por exemplo, uma vez por semana.

13. Durma um número de horas suficiente. Quando não o faz o seu organismo produz menos tiroxina, uma hormona produzida pela glândula tiroide que tem a função de estimular o metabolismo basal das células. "A sua produção insuficiente promove o aumento do catabolismo [degradação] de hidratos de carbono e lípidos, aumentando consequentemente o apetite", alerta Iara Rodrigues.

14. Recorde-se sempre daquilo que já conseguiu e da luta difícil que foi perder peso. Compare o seu peso, a sua silhueta e a sua condição física antes de começar a emagrecer e como está agora.

15. Se falhar algum dia não desanime. Ocorrerá de vez em quando. Esqueça o deslize e siga com os seus novos hábitos no dia seguinte.

16. Defina pequenas metas. Cumprindo o seu grande objetivo, procure motivações específicas. Pode ser tonificar uma parte do corpo ou, por exemplo, reduzir o consumo de álcool pois contém calorias vazias, sem nutrientes.

Texto: Daniela Gonçalves com Iara Rodrigues (nutricionista)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.