Foi criada pelo japonês George Oshawa e, mais do que uma dieta de adelgaçamento, é uma filosofia de vida baseada no equilíbrio entre o corpo e a mente. Propõe um regresso às origens e permite-lhe emagrecer até seis quilos num mês.

Tenta-se alcançar o equilíbrio físico e psíquico através da alimentação. Incentiva-se o consumo de peixe, algas, cereais integrais, legumes e frutas, sempre cozinhados, para que não fermentem e sejam de melhor digestão.

Estão proíbidos nesta dieta um conjunto de alimentos muito comuns na nossa alimentação do dia a dia. A carne, o açúcar, os enchidos, a pastelaria industrial, o álcool, os refrigerantes e qualquer derivado de leite devem ser completamente evitados.

Contra-indicações

Não deve seguir esta dieta no caso de ter osteoporose ou anemia. Quando se ingerem poucas proteínas de proveniência animal, perde-se massa muscular e a pele fica flácida e pálida. Os suplementos nutricionais podem ajudar, mas sempre recomendados por um especialista.

Mais-valias

É uma dieta muito eficaz no depuramento do organismo; para além disso faz parte de uma filosofia de vida relaxante e harmoniosa.

A sua dieta

Pequeno-almoço: Uma chávena de chá verde + uma taça de cereais de aveia, arroz ou trigo ou uma mão cheia de frutos secos.
Almoço: Sopa de legumes com algas e soja ou mistura de verduras variadas. Ou um prato de arroz integral com peixe. Compota de maçã.
Lanche: Um chá com bolachas de arroz e doce dietético.
Jantar (opções): Sopa de legumes com cogumelos. Almôndegas de milho com arroz ou feijão verde com molho de soja. Em alternativa, um prato de legumes salteados. No final, uma infusão de plantas calmantes.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.