Com o objectivo de incentivar o consumo saudável de alimentos, foi lançado nos EUA o Guia Alimentar 2010. O documento da responsabilidade Departamentos de Agricultura e de Saúde e Serviços Humanos norte-americanos define as metas de consumo de cada um dos grupos de alimentos, estabelece regras sobre a alimentação das pessoas e redução da obesidade.

A obra está dividida em três tópicos: Balanceamento de Calorias, Aumento de Consumo e Redução de Consumo. Ou seja, comer menos e em menores proporções.

Entre as recomendações do guia está a necessidade de aumentar a ingestão diária de leite, para que seja atingido o consumo diário indicado para um adulto (1000 mg).

O Guia reforça o cálcio como um nutriente importante para a saúde óssea e que contribui para o sistema nervoso, vasos sanguíneos e movimento muscular. Com baixa massa óssea, o indivíduo é mais propenso a ter osteoporose ou outras fracturas. O Guia destaca que crianças a partir dos nove anos e até à adolescência, as mulheres adultas e os adultos em geral, com idade superior a 51 anos, devem estar ainda mais atentos.

Outra recomendação do guia passa pela diminuição do consumo diário de gorduras saturadas e sólidas para 10% do total de calorias e de sódio para menos de 2.300 mg.

Por outro lado, a obra, aconselha a que se preencha metade do prato com legumes e vegetais coloridos (verde-escuros, vermelhos e alaranjados), ingerir cereais integrais e proteínas saudáveis (peixe) três vezes por semana e beber água em vez de bebidas açucaradas.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.