Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a partir dos 40 anos o nosso metabolismo começa a diminuir cerca de 5% por década que passa. Apesar de isso traduzir-se numa menor necessidade de energia consumida diariamente, as necessidades em vitaminas e sais minerais continuam elevadas. Se a partir dos 50 anos o nosso sistema imunitário fica mais enfraquecido e por conseguinte mais propenso a doenças crónicas, caso não haja uma alimentação completa, equilibrada e variada este cenário fica mais agravado.

Ou seja, à medida que a idade avança é necessário comer menos (o que não implica saltar refeições e substituir as mesmas por leite e pão) e por essa razão torna-se ainda mais importante saber escolher melhor os alimentos, para obter um bom aporte de nutrientes. Mediante a existência de possíveis patologias (ex.: diabetes), as necessidades nutricionais podem estar ainda mais elevadas. Dessa forma, neste grupo de indivíduos é fundamental uma ingestão regular de legumes, fruta, cereais integrais, optar por métodos de confecção saudáveis e evitar ao máximo os alimentos processados.

Procure comer de forma saudável. Acredite que faz toda a diferença!

Dra. Joana Pinheiro 
(Nutricionista)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.