Em comunicado, o Conselho de Administração do CHBM explicou que a Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde (DE-SNS) está a trabalhar num modelo de reorganização das urgências pediátricas na região de Lisboa e, até que esse modelo seja decidido, a Urgência Pediátrica do CHBM manterá o seu regular funcionamento.

Em 24 de fevereiro, o presidente do Sindicato Independente dos Médicos (SIM) disse à agência Lusa ter tido conhecimento de que a urgência pediátrica noturna do Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) iria encerrar a partir de hoje.

De acordo com Roque da Cunha, a administração do hospital tinha convocado uma reunião de emergência com o serviço de pediatria da unidade para comunicar a decisão.

A possibilidade de a urgência noturna de pediatria do Centro Hospitalar Barreiro Montijo, no distrito de Setúbal, vir a encerrar já tinha sido indicada à Lusa por uma fonte hospitalar, pelo que a agência questionou a Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde sobre o assunto.

Numa resposta enviada, no dia 23 de fevereiro, a Direção Executiva do SNS disse que “ainda nenhuma decisão foi tomada (quer sobre a tipologia da reforma estrutural que venha a ser implementada, nem sobre a data que a mesma pode ser operacionalizada), em virtude de a DE-SNS se encontrar a avaliar as várias propostas, bem como as sugestões das instituições hospitalares e serviços de pediatria, na defesa do superior interesse das crianças e adolescentes".

A DE-SNS adiantou que tem estado a avaliar as melhores opções clínicas, que garantam previsibilidade, segurança, qualidade, acesso e proximidade, “num esforço que assegure a coesão territorial e a equidade na prestação de respostas em saúde, tendo como perspetiva a abordagem utilizada neste âmbito nos vários países europeus”.

No dia 22 de fevereiro, a Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Barreiro anunciou a realização de uma vigília, em 03 de março, em frente ao CHBM, contra o encerramento de valências naquela unidade.

Em comunicado, a comissão de utentes explicava que todos os dias é sentido o desinvestimento crónico no Serviço Nacional de Saúde e que “diariamente surgem notícias que dão conta do estado em que este se encontra, a funcionar sem meios técnicos, materiais e humanos suficientes”.

Há poucas semanas, explicava a comissão, veio a público a possibilidade de a valência de pediatria no Centro Hospitalar Barreiro Montijo começar também a funcionar em alternância, tal como acontece com a obstetrícia.

A comissão referia-se a uma notícia avançada pela TVI no final de janeiro.

Nessa altura, a comissão de utentes questionou o conselho de administração do CHBM, que disse desconhecer essa intenção, adiantando que “considera o Serviço de Pediatria um serviço necessário, fundamental e de proximidade dos utentes e das crianças dos concelhos servidos pelo CHBM”.

Segundo o Conselho de Administração do CHBM, o serviço de Pediatria deste Centro Hospitalar presta cuidados a uma população com cerca de 220 mil habitantes dos concelhos de Alcochete, Barreiro, Moita e Montijo, numa área de 568,63 Km2, ao nível do internamento (Pediatria, Neonatologia e Obstetrícia) e ambulatório (Consulta Externa, Hospital de Dia e Urgência).

O CHBM garante ainda assistência ao Berçário e ao Bloco de Partos, sendo reconhecido como Hospital Amigo dos Bebés desde 2012, estando o Serviço de Pediatria certificado desde o ano 2016 pelo modelo de qualidade da ACSA implementado pela Direção Geral da Saúde, com o Nível Bom.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.