29 de julho de 2013 - 18h24
A presidente do Instituto de Administração da Saúde e Assuntos Sociais (IASAÚDE), Ana Nunes, revelou hoje que desde fevereiro apenas foram registados três casos de febre de dengue transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.
"Desde fevereiro, casos confirmados, só tivemos três e são situações importadas - dois de Angola e um do Brasil", disse, lembrando que, a 03 de março, "a Direção-Geral de Saúde deu como controlado o surto de epidemia da dengue.
Ana Nunes fez esta declaração no seminário MOSQIMAC - Gestão Integrada do Vetor Aedes aegypti que decorreu hoje no Funchal.
Apesar do conhecimento da presença do mosquito na Madeira desde 2005, só a 3 de outubro de 2012 é que foram registados laboratorialmente dois casos de febre de dengue.
Desde essa altura foram registados 2.170 casos; 127 doentes internados e zero óbitos.
Entre os 127 internados, 87 foram do sexo feminino e 40 do sexo masculino. Ainda entre estes, 97 foram adultos e 30 crianças.
Ana Clara Silva, vice-presidente do IASÚDE, anunciou que na próxima semana será lançada uma plataforma a partir da qual o público em geral poderá informar as autoridades sanitárias da existência de focos de criação de mosquitos para posterior combate.
"Esses focos poderão ser referenciados por geo-localização", acrescentou.

Lusa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.