Mais de 420 mil utentes solicitaram a isenção de pagamento das taxa moderadoras por insuficiência económica, segundo fonte da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS).

Este organismo do Ministério da Saúde revelou à Agência Lusa que, até hoje, deram entrada 226.044 declarações a solicitar isenção do pagamento das taxas por insuficiência económica.

Estas declarações correspondem a 422.874 utentes, de acordo com a mesma fonte.

O Governo estima que, através do novo modelo de pagamento das taxas moderadoras, cerca de 5,2 milhões utentes ficarão isentos por insuficiência económica.

O Ministério da Saúde considera que estão em situação de insuficiência económica “os utentes que integrem agregado familiar cujo rendimento médio mensal, dividido pelo número de pessoas a quem cabe a direção do agregado familiar (sujeitos passivos ao nível da declaração de IRS), seja igual ou inferior a 628,83 euros”.

A aplicação do novo modelo deve permitir uma receita de 199 milhões de euros, equivalente a cerca de 19,79 euros por residente e por ano, segundo as contas do Executivo.

10 de fevereiro de 2012

@Lusa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.